quarta-feira, 8 de junho de 2011

AÇÃO E REAÇÃO

Toda ação gera uma reação. Isso é a lei da física, mas também se aplica ao futebol. Vejamos:

O jogo contra o Bahia nos provou que quando há treinamento, entrosamento e empenho se ganha uma partida. às vezes, até com sobras. Quando se deixa para trás o pensamento do comodismo e busca-se o gol incessantemente, a vitória acontece. Sou leitor do blog do grêmio da globo.com, e vejo muitos torcedores esbravejando contra um time que voltou a vencer. Temos sim que melhorar a equipe, mas analisando os plantéis dos outros clubes, quantos são melhores do que nós? Dois ou três, no máximo. Nossa "gurizada" joga muito, Renato está convivendo menos com lesões e isso é preponderante para o entrosamento. Contra o São Paulo, podemos propor o jogo, partindo para cima. Eles não são espetaculares, assim como nós também não somos. O diferencial está no lobby nacional (principal aliado de paulistas e cariocas), Rogério Ceni, Lucas e Dagoberto. O restante se igualam a nós ou somos melhores. Pressão na saída de bola para jogar fora de casa, é um bom começo. Esperar o adversário é morte certa. Vamos gerar a ação e esperar que a reação são-paulina fique para depois do jogo.

SELEÇÃO

A seleção brasileira não fez um jogo bonito ontem, apenas a festa foi bonita. Talvez Mano tenha razão, devido às muitas alterações, não exista entrosamento necessário para jogar bonito. Mas não precisa, só precisa buscar o gol e não ficar tocando a bola para trás contra a "poderosa" Romênia. Definir um esquema, e como ele mesmo disse: Conversar olho no olho com alguns jogadores que, como Robinho, não estavam ligados no jogo. Jogador importante é aquele que cumpre sua função e ainda contribui com algo mais, como o suor. Contra a ação gerada com a má atuação de ontem, a torcida reagiu com as vaias.

VICTOR

Victor é um ótimo goleiro, nosso ídolo e tal. Mas não tem sorte pois, no jogo de ontem, a bola não chegou para que ele fizesse alguma defesa importante. Sem ação, sem reação. Victor merece toda sorte do mundo, mas na MINHA opinião, vejam bem, na MINHA opinião, enquanto Júlio César tiver condições e não perder a humildade, ainda é o goleiro da seleção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário