terça-feira, 28 de junho de 2011

OS TREINADORES E A IMPRENSA

Ontem no blog do jornalista Wianey Carlet foi aventada a possibilidade de Renato Portaluppi estar criticando a direção gremista nas entrelinhas de suas frases de efeito nas entrevistas coletivas. Ou seja, estaria usando a imprensa para colocar pressão na diretoria, através de apupos dos torcedores nas arquibancadas, desejoso de mais reforços para o grupo. Essa mesma diretoria para quem lembra, não era favorável à permanência do treinador para este ano. Mas com a campanha espetacular e a sapiência nas suas entrevistas, sempre defendendo a administração e agradecendo a  confiança de Duda Kroeff em seu trabalho, conseguiu mudar a opinião da direção atual para que continuasse um trabalho estava dando certo, mesmo com um bom plantel, mas não espetacular e nem ao menos "cascudo". Ninguém discute que o Grêmio perdeu muito com as saídas de Jonas e Borges, mas Renato também já não é nem sombra do que foi ano passado. Não põe um time ousado em campo, e usa a imprensa para cobrar a direção. Com a campanha que tem no Brasileirão, uma reunião à portas fechadas ainda é a melhor solução. Cabe ainda, lembrar ao treinador que a imprensa é uma via de duas mãos, pois quando seus cascudos estiverem em campo e o time não funcionar, a torcida e a direção não falarão nas entrelinhas, a crítica será explícita e a imprensa, vai adorar.

Até amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário