quarta-feira, 27 de julho de 2011

GRÊMIO: UMA FÁBRICA DE RÓTULOS

Parece que gremista não vive sem criar rótulos para tudo que acontece em função da sua paixão, do seu clube. Hoje à noite, não entrará em campo o IMORTAL, porque nós que nos gabávamos deste rótulo, agora o rejeitamos. A imprensa tem muita culpa nisso, mas essa onda só pega se a torcira fizer coro e ir no embalo. Renato HOMEM-GOL, MESTRE Jonas, Adílson PASTOR-ALEMÃO, CAPITÃO AMÉRICA, DIABO LOIRO, entre outros, são adjetivos, prefixos ou sufixos, que não ajudam em nada ao jogador no seu rendimento em campo. O ego se eleva a níveis altíssimos, provocando o relaxamento e a acomodação por ter sua marca eternizada na boca dos populares. Quando estes "famosos" começam a viver do passado consolidado, já não atendem mais ao controle de qualidade que outrora lhe fazia justiça. Tem também os rótulos mal intencionados, que tem por objetivo desmerecer a qualidade do produto, ou seja, neste caso, do jogador. Uma das maiores promessas do futebol brasileiro, Mário Fernandes, está sendo burramente atacado com o prefixo de "MENININHA". Qual é o fundamento disto? Alguém acha que ele vai jogar melhor o chamando deste jeito? Quando a crítica é direcionada somente ao futebol, é perfeitamente aceitável. Mas extrapolar para questões pessoais, havendo veracidade ou não, é baixaria pura. E com o perdão da palavra, COISA DE MALOQUEIRO (não o que mora, mas o que não tem educação).
Portanto, torcedor, cante pelo clube, chame o jogador de craque, de perna-de-pau, mas faça isso no estádio. Nas demais esferas públicas, eles são pessoas como você, com sua profissão e sua família.
Esses "julgadores de caráter", que foram responsáveis pela saída do Jonas, merecem os dez anos sem título.  QUANTO AO JOGO DE HOJE, APOSTO NO 2X0 PARA NÓS COM CONSISTÊNCIA DEFENSIVA E ATAQUE MASSIVO DESDE O INÍCIO. AVANTE TRICOLOR.

Até mais.  meu blog:  http://www.conscienciagremista.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário