segunda-feira, 4 de julho de 2011

A PRIMEIRA IMPRESSÃO

A primeira impressão que tive quando Julinho Camargo foi anunciado como técnico do Grêmio é que estávamos regredindo, deixando sair Renato que estava equivocando-se  e muito com suas invenções nas escalações e com seus protegidos que não saíam do time, mas ainda assim, conhecedor da primeira divisão. Pois além de Julinho não ter experiência em Brasileirão, está vindo do nosso arqui-rival. Por outro lado, analisando friamente, ele já conhece o ambiente do Olímpico, sempre fez bons trabalhos com jogadores jovens, e com um contrato de seis meses, ele terá que provar que mereceu a confiança da direção para poder renovar seu contrato. Pareceu uma pessoa centrada que não se ofenderá e nem esbravejará com qualquer pergunta feita por um ou outro repórter instigador. E ainda por cima, teve a sorte de Douglas estar suspenso e Lúcio fora do próximo jogo por lesão muscular. Assim ficará à vontade para por outros jogadores em campo para provar que também podem render com a camisa tricolor. Douglas é craque, Lúcio é ótimo jogador, isso é indiscutível. Passível de discussão é o porquê de não estarem confirmando isto dentro das quatros linhas. Por hora, desejaremos muita sorte e muitas vitórias a Julinho Camargo, treinador principal do Grêmio de Football Porto-alegrense.

Até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário