domingo, 9 de outubro de 2011

CADÊ A SEGUNDA OPÇÃO?

O jogo contra o Coritiba só confirmou o que eu mesmo já havia escrito neste blog: A falta de uma segunda opção em relação ao esquema. Celso tentou usar o planejamento de jogo habitualmente com Diego Clementino que óbviamente não saberia fazer a função do meia. Teria sido mais prudente usá-lo como segundo atacante ao lado de Brandão. E quando Brandão contundiu-se, poderia ter colocado o Mamute em campo sem prejuízos ao seu futebol porque ele não estaria sozinho para fazer uma função que não conhece, assim como Clementino. Se o menino ainda não está maduro suficiente para um jogo desta grandeza, Celso ainda poderia arriscar colocar um volante (Adilson ou Magrão), colocar Rochemback no meio para usar do chute a longa distância e adiantar Escudero. Tudo isso são conjecturas, porque se o time que não treina desta forma, não haverá bom futebol mas haverá um "esboço", uma configuração mais adequada aos jogadores. Para simplificar, reafirmo que chegaremos entre o 6º e o 10º lugar,mais que isso seria pedir demais para o resto do ano.

2 comentários:

  1. Ótima reflexão, André. Gostaria de aproveitar para agradecer por seguir o blog "Rápido e Rasteiro", porém não estou atualizando o mesmo com frequência, pois estou gerenciando e atualizando com muita ênfase o blog "Na Janela com Gadomski". Convido você a seguir esse blog, também de minha autoria. Ele tem muito mais acessos, o que pode fazer com que meus leitores gremistas sejam direcionados para o seu blog "Consciência Gremista", pois é por ele que estou seguindo você. Um grande abraço e espero te ver por lá. Valeu!

    ResponderExcluir
  2. Ah! Ia esquecendo o endereço. Porém esse endereço também está no Rápido e Rasteiro. http://professorgadomski.blogspot.com

    ResponderExcluir