quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

PROVIDENCIAL!!!!

Caio Júnior  mostrou uma de suas melhores características: coragem para mudar a tática durante o jogo. O Botafoguense o chama de "Professor Pardal" porque as suas invenções não tinham as peças certas para fazer o time alvinegro funcionar. Ontem, porém, com Gabriel como ala e Mário na zaga (jogadores que conhecem a função), e a entrada de Gilberto Silva no meio, abdicando de apenas conter o adversário, mas também qualificar o toque de bola, acabou sendo uma grande descoberta. Na circunstância do jogo, a solução encontrada foi a correta. Mas este esquema tem futuro ou será apenas providencial enquanto o zagueiro- xerifão não chega? O que importa é que temos opções táticas. Celso Roth utilizou o 4-5-1 agarrando-se à este sistema não importando quem jogasse e assim selou mais passagem pelo tricolor. Renato também agarrou-se a apenas um esquema com o agravante de não substituir atletas que não estavam dando resposta à sua maneira de jogar. Por isso, neste início, Caio tem o crédito pela ousadia.

ENFIM UM ATAQUE QUE NÃO SEJA DE NERVOS...

O ataque funcionou pela primeira vez este ano e nos deixou com a esperança de que gols não faltarão. Kléber e Moreno pareceram entrosados e comprovaram a qualidade do seu futebol. Ainda falta um pouco de criatividade no meio de campo, algo que virá com o ritmo de jogo. A defesa ainda está vacilante e o mais perdido parece Saimon. Este garoto precisa de um parceiro experiente ou ser utilizado no 3-5-2. Bem vindos KLÉBER E MARCELO MORENO. Por hoje, estamos gratos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário