quarta-feira, 3 de julho de 2013

A Nova Velha Camisa, O Velho Novo Ídolo e a Nova e Velha Mística

Meus caros amigos, estava tudo desenhado. Desejo do mandatário tricolor desde sempre, Renato chegou e trás consigo a mística da camisa e da garra gremista. E se num primeiro momento Koff deu um "peitaço" bancando a permanência de Luxa, o mesmo já sabia que a primeira opção para substituí-lo seria o imortal camisa 7. A volta da camisa consagrada em 83, não foi uma atitude isolada. Esta escolha tinha muito a ver com a volta de Renato, visto que até mesmo o presidente está inserido neste contexto "revival". E agora nos resta a esperança de que aquela vibração, aquela mística, aquele inferno que os adversários temem a cada embate com nossos guerreiros, volte a se fazer presente nesta epopeia azul, preta e branca que tomará o restante do ano de 2013. Renato volta com o apoio de todos, e sabemos que os jogadores tem qualidade, essa mistura pode render muitas alegrias. Se Douglas conseguia jogar em 2010, tenho certeza de que Kléber enfim será o gladiador que a Arena precisa. Barcos voltará a ser o artilheiro matador que jogava só no Palmeiras e ainda temos o Super-Zé, ao que posso resumir: Cheiro de título. Então, vamos vestir a velha camisa, abraçar o velho ídolo e criar a velha mística.

Abraços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário